Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


console:zeebo:ambiente_de_desenvolvimento

Ambiente de desenvolvimento

Quase toda a parte do desenvolvimento pode ser feita no conforto de seu PC e com uma IDE amigável. Seu código então, é executado no Simulador fornecido pela Qualcomm, que vem no SDK do BREW. Porém, só para usuários Windows.

Depois de ter sua aplicação funcionando no Simulador, é hora de compilar seu código fonte para rodar no Zeebo. Seu código será compilado então, para o processador ARM que move o console.

Os procedimentos aqui descritos serão separados por SO que você utiliza.

Obtendo o SDK (Win & Linux)

O SDK pode ser obtido de graça do site oficial do BREW. O pacote oficial do Zeebo aconselha usar o SDK para o BREW 4.0.2. Porém, o BREW na versão 4 e anteriores, são consideradas obsoletas pela Qualcomm. A plataforma agora chama-se Brew MP e sua versão atual é 1.0.3.

A Qualcomm sugere que os desenvolvedores ainda na versão 4 do BREW usem o SDK do Brew MP, adicionado de um pacote de suporte legado, que permite desenvolver para o BREW 4. O SDK original para o BREW 4 deve funcionar, porém o add-on do Brew MP é mais recente (e é o utilizado aqui).

Baixe os seguintes arquivos:

  • Brew MP SDK rev. 7.10.12

https://developer.brewmp.com/tools/sdk

  • BREW 4.0.2 SP19 SDK Add-on

https://developer.brewmp.com/tools/brew-platform-402-sp19

  • Brew MP Toolset rev. 7.10.12

https://developer.brewmp.com/tools/brew-mp-toolset-71012

Instale todos nesta ordem. Se é usuário de Linux, só os 2 primeiros.

Windows

Detalhes para Windows… Posts do Mario Olofo no Zeeboclub? Alguém que possa pedir autorização para ele e colocar aqui?

Configurando o ambiente

Compilando e testando no simulador

Compilando para o console

Linux

Configurando o ambiente

Você precisará de copiar os arquivos que fazem parte do SDK do BREW 4, por isso, instale o SDK em uma máquina Windows ou use o Wine, pelo menos para copiar os arquivos.

Vá até a pasta aonde o SDK foi instalado. Por padrão: “C:\Program Files\Qualcomm\Brew MP SDK”. Você verá as seguintes pastas:

  • Launcher
  • Platforms
  • Toolset 7.10 Rev 10.0.1489821
  • Toolset 7.10 Rev 12.0.1554878

Entre na pasta “Platforms”. Você terá os SDKs para o Brew MP e para o BREW 4 (o que queremos). Copie esta pasta (“BREW 4.0.2 SP19”) para seu Linux. Como exemplo, esta pasta será copiada para seu home, com o nome de “brew” apenas. Por isso, você terá: ~/brew Adicionalmente, você precisará de 2 arquivos do Toolset. Ainda no Windows, entre na pasta “Toolset 7.10 Rev 10.0.1489821” e copie os seguintes arquivos para seu SDK no Linux:

  • De:

Windows: Toolset 7.10 Rev 10.0.1489821\bin\elf2mod.exe

  • Para:

Linux: ~/brew/bin/elf2mod.exe

  • De:

Windows: Toolset 7.10 Rev 10.0.1489821\bin\elf2mod\src\gnu\elf2mod.x

  • Para:

Linux: ~/brew/bin/elf2mod.x

Estes dois arquivos são necessários para converter um executável ELF normal para um módulo do BREW. Fica claro que você terá que usar o elf2mod.exe, que é um aplicativo para Windows. Instale o Wine em sua distro, funciona perfeitamente.

Compilando e testando no simulador

Infelizmente não existe o Simulador para Linux. Seu código deve ser testado direto no console.

Compilando para o console

O SDK já vem com makefiles para construir sua aplicação com compiladores GNU ou o RealView. Vamos usar o GNU GCC, pois o RealView é pago.

Você pode compilar seu próprio toolchain (conjunto completo do compilador, a suíte completa com assembler, linker, …) ou usar uma já compilada e pronta. Vamos usar uma pré-compilada, o Sourcery G++ Lite ARM EABI da CodeSourcery: http://www.codesourcery.com/sgpp/lite/arm/portal/release1592 Faça o download do “IA32 GNU/Linux Installer” e instale. Certifique-se de adicionar o caminho com os binários do toolchain no PATH ou faça symlink para os mesmos.

Para compilar seu projeto, você pode usar o Makefile abaixo, que é bem mais simples que os oficiais (por enquanto tem cara de “hack”, melhorar no futuro… :P)

0@@

Coloque o nome de seu app na variável “EXEC” e altere o BREW_DIR para seu home (ou aonde quer que esteja instalado seu Brew SDK).

Abra seu terminal e execute “make”. Se der tudo certo, terá o .mod na pasta.

Considerações sobre este Makefile:

  • Sem otimizações - para evitar qualquer bug, mas agora que funciona, pode-se tentar os flags O.
  • Código ARM - seu app será compilado para instruções ARM. Você pode mudar para emitir Thumb e ganhar no tamanho da aplicação. Porém, não foi testado.
console/zeebo/ambiente_de_desenvolvimento.txt · Última modificação: 2016/11/23 13:38 por tripleoxygen