Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


console:zeebo:tekken_2

Tabela de conteúdos

Tekken_2

Entre na arena de competição e demonstre que você é um mestre em artes marciais no Iron Fist Tournament. A maior luta da sua vida: enfrente 25 personagens, cada um deles com a série completa de golpes do famoso jogo de arcade. Domine todas as combinações de golpes, chutes turbinados e contragolpes nocauteadores para se tornar o próximo Rei do Iron Fist.

Gráficos

Comparações entre versões de jogos não são muito saudáveis em análises, mas Tekken 2 mostrou uma diferença gritante que merece ser mencionada.

Os gráficos do jogo foram refeitos para a versão Zeebo, as texturas estão mais limpas, o fundo dos estádios (locais onde estão seus oponentes) está mais realista e os personagens estão menos quadrados.

Os efeitos gráficos, que, se não colocados direito podem estragar um jogo bem moldado graficamente (certo Prey Evil?), são um pouco estranhos (os efeitos citados são as animações de quando se acerta um ataque).

Mesmo assim, os efeitos gráficos NÃO tiraram o brilho do jogo, tanto que se tornou a marca registrada de todos os jogos da série Tekken.

Tekken 2 mostrou aos haters do console tupiniquim que ele é graficamente melhor que o PlayStation 1 e os antigos Fliperamas, fazendo com que eles tenham menos um argumento para contrariar o console.

Som

O som também é um aspecto melhorado na versão Zeebo. As músicas não são abafadas como nas versões originais, pelo contrário, podem ser ouvidas em alto e bom som.

Porém, existe um único ponto negativo na música do jogo, assim como em todos os outros jogos da Namco para o Zeebo: as músicas estão em MIDI (o formato de áudio mais primitivo de todos, perfeito para fazer experimentos sonoros, mas não para utilizar no produto final!).

Isso estragou as músicas, mas não a ponto de comprometer a muito bem composta trilha sonora de Tekken 2.

Antes de começar a falar dos efeitos sonoros como um todo, vamos ver um destaque específico: o narrador foi mudado, o homem que narra as lutas deste Tekken 2 é o mesmo de Tekken 5 (algo mais moderno, apesar de pequeno). Dito isto, vamos prosseguir.

Os efeitos sonoros do jogo são um tanto ruins, pois alguns não mostram a verdadeira sensação de impacto que o golpe dado deveria ter (como o soco de Paul que tira metade de sua vida, o barulho é alto, mas é muito primitivo e não demonstra uma verdadeira agressão). Faltou um pouco de realismo.

Outro fator prejudicial é que alguns sons estão “fora do lugar”, como o barulho da espadada de Yoshimitsu, que imita um chicote. O laser do personagem Devil, ao acertar o personagem, faz o mesmo barulho que um soco forte!

Também faltaram as vozes dos personagens. Eles entram mudos e apanham calados nas lutas, a Namco deve ter seus motivos (preguiçosos) para não colocá-las, pois Tekken 2 tem uma das piores dublagens da série.

A parte sonora no total foi mediana, mas agradável apesar de tudo. Nada que sangre os ouvidos.

Jogabilidade

Jogabilidade é o fator mais importante em qualquer jogo, principalmente jogos de luta que exigem reflexos e pensamento rápido. A jogabilidade de Tekken 2 realmente não deixa a desejar, a maior parte dos personagens possui uma variedade incrível de golpes e sequências de ataque (conhecidos como “combos”), os controles respondem bem aos comandos e os jogadores têm a opção de movimentar seus personagens com os direcionais digitais ou com o analógico, facilitando a introdução nas mecânicas do jogo.

O jogo apresenta dois pontos negativos no quesito jogabilidade:

1. Os personagens não possuem finais, apenas uma tela dizendo “Parabéns! Você é o campeão!”. Apesar dos finais em CG do Tekken 2 serem completamente sem sentido, a Namco poderia ter seguido o exemplo de Resident Evil 4 da Capcom, mostrando algumas imagens e com a história sendo contada em um texto abaixo da imagem.

2. A maior parte dos personagens secretos são clones de outros personagens iniciais com algumas modificações mínimas (Armor King é um clone de King, só que com ataques mais fortes, por exemplo).

Os personagens não possuem finais, apenas uma tela dizendo “Parabéns! Você é o campeão!”. Apesar dos finais em CG do Tekken 2 serem completamente sem sentido, a Namco poderia ter seguido o exemplo de Resident Evil 4 da Capcom, mostrando algumas imagens e com a história sendo contada em um texto abaixo da imagem. A maior parte dos personagens secretos são clones de outros personagens iniciais com algumas modificações mínimas (Armor King é um clone de King, só que com ataques mais fortes, por exemplo). Somando os pontos positivos (como capacidade dos combos, boa quantidade de modos de jogo e personagens secretos) e pontos negativos (personagens sem finais e personagens secretos clones), a jogabilidade de Tekken 2 é acima da média. O único ponto negativo gritante são os personagens clonados.

Replay

Após desbloquear todos os personagens, o que mais se pode fazer? Quem gosta de jogar em dupla pode abusar do modo versus com um amigo. O modo sobrevivência é capaz de prender o jogador no Z-Pad para marcar recordes. E mesmo após o jogador enjoar do jogo, ele sempre acabará voltando (a frequência depende de cada jogador) para mais uma partida no Modo Arcade ou Sobrevivência.

O jogo em si não é realmente viciante, mas ele possui algo (que até agora o redator que vos fala não conseguiu descobrir) que faz o jogador retornar, seja para matar o tédio, aguardar uma pizza, ou até mesmo voltar para jogar por bastante tempo.

console/zeebo/tekken_2.txt · Última modificação: 2015/12/10 21:21 (edição externa)